Notícias
Links Úteis
  • INAPEM
  • INAPEM
  • INAPEM
  • Certificar Empresa
  • Listagem das Enmpresas Certificadas
Incubadora de Empresas


 INCUBADORA DE ENPRESAS
 
- O INAPEM lança pedra de construção, na ZEE Luanda-Bengo para a construção de uma incubadora de empresas sectoriais, onde vão ser admitidas instituições ligadas à indústria ligeira.

- A implantação de incubadoras insere-se no plano traçado pelo Executivo que visa aumentar os conhecimentos para galvanizar o sector económico e elevar os níveis produtivos. A formação incide sobre os empreendedores. 

Face aos desafios hodiernos, o INAPEM actua com novos conceitos, um dos quais é o aparecimento da incubadora de empresa, uma ferramenta que consiste na atribuição de um espaço físico onde as empresas poderão desenvolver a sua actividade de forma gratuita.

É um espaço compartilhado mas com autonomia na comercialização de bens e serviços. As MPMEs podem desenvolver a sua actividade de forma assistida. O INAPEM pretende instalar incubadoras nos pólos industriais, cuja primeira experiência está programa para a Zona Económica Especial. A intenção é fazer com que as MPME prestem serviços às grandes indústrias.

Isso permite que as micro e pequenas empresas aprendam com as grandes indústrias no mesmo espaço abrindo possibilidades para troca de experiência.

O objectivo é disponibilizar às empresas em fase inicial um conjunto de serviços e criar uma rede de colaboração empresarial que potenciará a aceleração desses negócios.

Com as incubadoras pretende-se capacitar empresários para conhecer os objectivos que os levam a constituir uma empresa e outros motivos virados à vida de negócio.

Construção de incubadoras em 2013 pelo Instituto Nacional de Apoio às Pequenas e Médias Empresas (INAPEM), onde serão formados empreendedores de diversos ramos com o propósito de os dotar de conhecimentos e habilita-los à vida empresarial.


Províncias beneficiadas:
- Benguela, no Pólo Industrial da Catumbela
- Huíla
- Luanda – Incubadora no sector das Tecnologias de Informação e Comunicação – Tic’s

Custos dos projectos:
- De âmbito nacional vai custar mais de três milhões de dólares.

A formação é feita de modo faseado e abrange quadros formados de várias universidades nacionais e estrangeiras e do nível médio dos institutos angolanos.
 
 




 
Documentação (Arquivos)
 
 
 
  Fale com o INAPEM - Instituto Nacional de Apoio às Micros, Pequenas e Médias Empresas
 
 
 
         
   Copyright © 2012 - INAPEM - Instituto Nacional de Apoio às Micros, Pequenas e Médias Empresas